A maturidade e a coroação de dom Pedro II

Neste vídeo falamos sobre a figura de dom Pedro II, mais precisamente, trataremos de sua coroação, chegada à vida adulta e casamento. Como veremos, são três assuntos que se misturam, pois um reforça o outro.

Coroação

  • Dom Pedro II é coroado no dia 18 de julho de 1841, aos 15 anos
  • O país vivia duas guerras civis: uma no Maranhão, a Balaiada; e outra no Rio Grande do Sul, a Farroupilha
  • Ele não assume o controle político do país imediatamente, pois era ainda muito jovem
  • A ideia de parte da elite brasileira era que fosse um monarca mais decorativo
  • Sua coroação teve todas as pompas de um poderoso chefe de Estado

Descrições de sua infância

  • Dom Pedro tornou-se um adolescente de alta estatura, embora não tivesse um corpo inteiramente desenvolvido
  • As descrições da época o descreviam como uma criança com modos de velho
  • Sua infância não foi feliz, nem alegre
  • Foi educado para o estudo, disciplina e o dever com a pátria

Maturidade

  • A chegada da barba do imperador foi aguardada e festejada
  • Seu casamento também marcou sua passagem para a vida de adulto pleno
  • Como era um monarca, a escolha de sua esposa era uma questão de política de Estado
  • Não foi fácil encontrar uma consorte para nosso jovem imperador
  • O império brasileiro não despertava muito interesse nas casas reais europeias naquele momento
  • Além disso, seu pai, dom Pedro I, não deixou uma boa imagem na corte austríaca
  • O acordo nupcial foi enfim feito com o reino das Duas Sicílias
  • Dona Teresa Cristina tinha 20 anos na época
  • Dom Pedro e dona Teresa eram primos
  • Ela também não teve uma infância feliz

Casamento

  • O casamento é realizado em Nápoles, por procuração
  • Dom Pedro fica decepcionado com sua esposa
  • Os relatos da época não a descrevem como uma pessoa atraente
  • Apesar do que pensasse de sua noiva, o casamento não poderia ser desfeito
  • As crianças começaram a nascer dois anos após o casamento

Referências bibliográficas

  • Carvalho, José Murilo de. D. Pedro II. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.
  • Del Priore, Mary. Condessa de Barral – a paixão do Imperador. Rio de Janeiro: Objetiva, 2008.
  • Joffily, Bernardo. IstoÉ Brasil 500 anos. Atlas Histórico. São Paulo: Editora Três, 1998.
  • Schwarcz, Lilia Moritz. As barbas do imperador: D. Pedro II, um monarca nos trópicos. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

Imagens