Transferência da família real portuguesa

Este é o primeiro vídeo de uma nova série sobre o processo de independência do Brasil, entre a vinda da corte portuguesa, em 1808, até a abdicação de dom Pedro I, em 1831. Neste vídeo em particular, trataremos da saída do príncipe regente dom João e da corte para sua colônia na América, o Brasil.

 Dom João, príncipe regente

  • Dona Maria I foi considerada incapaz de governar
  • 1792 – Assume o governo provisoriamente
  • 1799 – Torna-se formalmente regente
  • 1816 – É coroado como dom João VI

O embarque de Lisboa

  • 29/11/1807 – Embarque da corte portuguesa
  • 50 barcos
  • Entre 10 e 15 mil passageiros
  • 7 mil marinheiros ingleses
  • A população da cidade de Lisboa era de 200 mil pessoas
  • Esses números são estimativas

Transferência do Estado

  • O estado português também é transferido para a América
  • Portugal é o primeiro Estado a se formar
  • Tesouros, documentos, arquivos, equipamentos, biblioteca, funcionários técnicos e graduados

Reação dos portugueses

  • Muitos não conseguiram embarcar
  • Famílias se separaram
  • A população descobriu se sentiu traída e se revoltou

Portugal sem a presença do monarca

  • A função dos nobres seria defender militarmente a população
  • O Estado português e quase toda a burocracia estatal foge com o príncipe
  • O rei governava absoluto
  • Não havia uma Constituição
  • Dom João instrui a população para não reagir aos franceses
  • Com apoio inglês, os portugueses expulsaram os franceses
  • Quase 500 mil pessoas morrem ou fogem de Portugal

Referências bibliográficas

  • Alencar, Chico; Carpi, Lucia; Ribeiro, Marcus Venício. História da Sociedade Brasileira. Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, 1996.
  • Fausto, Boris. História do Brasil. São Paulo: EDUSP, 1995.
  • Gomes, Laurentino. 1808. São Paulo: Editora Planeta do Brasil, 2007.
  • Light, Kenneth. A Viagem Marítima da Família Real. A transferência da corte portuguesa para o Brasil. Rio de Janeiro: Zahar, 2008.
  • Lustosa, Isabel. D. Pedro I. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.
  • Revista de História da Biblioteca Nacional.
  • Stoiani, Raquel. Napoleão visto pela luneta d’El-Rei: construção e usos políticos do imaginário francês e napoleônico na América Portuguesa (1808-1821). Tese de doutorado em História Social da USP.

Imagens